060217-cotidiano-cestabasica-tvgazeta

Dieese aponta redução do valor da cesta básica na Capital

Consumidores de Rio Branco discordam

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgou, nesta segunda-feira (6), dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos referente ao mês de janeiro. A pesquisa é realizada mensalmente.

De acordo com levantamento, houve redução no valor das cestas básicas em 20 das 27 capitais brasileiras. A redução mais expressiva foi encontrada em Rio Branco onde houve queda de 12,82% em comparação a janeiro do ano passado, custando R$ 335,15. Já em Porto Alegre foi encontrada a cesta básica mais cara do país, custando R$ 453,67.

Isaías Augusto, gerente de uma rede de supermercados da Capital, disse que essa redução apontada pelo Dieese reflete nos preços dos alimentos nas gondolas. “A redução foi de 12% em relação a janeiro. A gente também iniciou o mês de fevereiro, esses primeiros cinco dias com crescimento de 15% nas vendas, eu acho que isso é reflexo dessa pesquisa. Estamos com várias ofertas pra chamar o público e prevemos um aumento ainda maior de vendas até o fim do mês”.

Apesar do Dieese apontar essa redução no valor da cesta básica do riobranquense, não é isso o que o consumidor sentiu. “Na minha opinião, não baixou, não. Na minha opinião, os preços continuam altos,” disse o autônomo José da Silva.

José Inácio também falou sobre os preços. “Tá um absurdo! A gente chega um dia tá um preço, no outro, tá um preço pior”, indigna-se. Ao ser informado sobre a pesquisa do Dieese, José INácio foi enfático. “O Dieese pode fazer outra avaliação porque essa aí deu errado”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*