thumb hospital da criana 19

Difteria: carteira de vacina da criança que foi a óbito está incompleta

Morte aconteceu no Hospital da Criança, em Rio Branco

Uma criança com suspeita de difteria morreu nesta quinta-feira (15) no Hospital da Criança em Rio Branco. A carteirinha de vacinação da menor de 6 anos estaria incompleta, o que agrava a preocupação. A Secretaria de Saúde do Estado informou em nota que todas as medidas de precaução já foram tomadas no local onde reside a família da criança.

A difteria é uma doença considerada rara pelas autoridades de saúde e é causada por uma bactéria que geralmente infecta a garganta e o nariz. A infecção da garganta ocasiona uma cobertura preta, dura e fibrosa que pode bloquear as vias aéreas. No Acre não há histórico da doença nos últimos anos. Mas, a morte de uma criança de 6 anos ocorrida ontem no Hospital da Criança, com suspeita de difteria, deixou Rio Branco em alerta.

Segundo a secretária municipal de saúde, Marcilene Alexandrina, a cobertura vacinal da Pentavalente, aplicada nos primeiros meses de vida dos bebês, inclusive para combater a difteria é de quase 100% na Capital.  A carteira de vacina da criança que foi a óbito está incompleta, o que agrava a preocupação com as suspeitas de difteria. “Às vezes a mãe não leva pra vacinar por que a criança fica enjoadinha ou por que a mãe fica com dó, mas a prevenção é o melhor remédio”, alerta.

A Secretaria de saúde do Estado em nota informou que mesmo ainda não sendo um caso de difteria confirmado, providências de prevenção foram tomadas. No local onde reside a família da criança, foi realizado bloqueio vacinal dos moradores próximos.

O trabalho realizado pela saúde foi num raio de até 150 metros da residência. Foram vacinados 17 adultos entre familiares e vizinhos da menor. As carteiras de vacinação das crianças do entorno estavam todas em dia. Segundo a Secretaria de saúde do Estado, exames específicos sobre as causas da morte da menor estão sendo realizados pelo instituto Butantã em São Paulo, com previsão de resultado em 10 dias.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*