Docentes da Ufac aderem ao indicativo de greve ainda em maio

Adesão ao indicativo de greve geral a partir do dia 23 de maio foi aprovada por maioria de votos

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (16), durante assembleia da categoria nos campi de Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Os docentes da Universidade Federal do Acre (Ufac) aprovaram a adesão ao indicativo de greve geral a partir do dia 23 de maio, por ampla maioria de votos: 29 a favor; dois contra; e três abstenções.

Sem reajuste salarial desde 2017 e com supressões salariais desde 2011, os servidores acumulam uma defasagem de pelo menos 49,28% nos últimos cinco anos, com isso estão reivindicando 19,99% de reposição salarial.

Ainda na pauta estão pedindo mudanças na política de governo do presidente Jair Bolsonaro, como o fim da Proposta de Emenda à Constituição da Reforma Administrativa e contra o teto de gastos que retira dinheiro da Saúde e da Educação.

A professora Letícia Mamed, presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Acre (Adufac), explica o resultado das discussões: “O que apreciamos hoje em assembleia da categoria foi a adesão ao indicativo de greve geral a partir do dia 23/5. Assim sendo, no dia 20/5, teremos uma reunião nacional de todas as entidades vinculadas ao Andes para ratificar ou não esse indicativo e, em caso positivo, iniciar o movimento grevista”.

Na próxima sexta-feira (20), a Adufac participará da reunião convocada pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), para comunicar a deliberação dos docentes da Ufac e juntamente às demais associações decidir pela efetivação da greve.

Com informações de Adaílson Oliveira

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*