Docentes da Ufac realizam leitura de carta em prol do Estado Democrático de Direito

A leitura do documento foi realizada por universidades e artistas do Brasil

Em uma cerimônia na manhã desta quinta-feira (11), na Universidade Federal do Acre (Ufac), foi lida a carta aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito maior. A primeira leitura foi feita pelo professor Gofredo da Silva Teles, em 11 de agosto de 1977.

Na época, o país inteiro vivenciou o dia do basta, em que várias instituições a partir da iniciativa tomada realizaram a leitura da carta lutando pela defesa do direito democrático. Neste ano, o vice-diretor João Lima, da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Acre, leu a carta no hall de entrada do restaurante universitário da faculdade.

O professor relata que esse ato realizado todos os anos é uma espécie de vigília cívica contra todas as tentativas de ruptura de direitos, e que é um dia em que se manifestam os estudantes pelo dia do estudante, junto com os professores nas diferentes universidades.

A leitura foi realizada em outras universidades do Brasil, como a Universidade Federal do Rio de Janeiro e Universidade de São Paulo. Vários artistas do país se uniram em vídeo para participar da leitura do documento.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*