290119-policia-servidores-expulsos

Nomes conhecidos estão na lista da CGU de servidores expulsos

Em ambos os casos eles trabalhavam no IBAMA

A Controladoria Geral da União divulgou a lista dos servidores públicos que foram demitidos no final de 2018. Na região Norte foram 65 processos de expulsão, no Acre foram 6 penalidades de expulsão, dois deles ocupavam cargos comissionados e outros 4 eram efetivos.

Entre os servidores comissionados que foram expulsos está Anselmo Forneck, que foi superintendente do IBAMA em 2009. Ele ainda aparecia no quadro de funcionários do órgão. Como não trabalhava, foi demitido. A CGU não informou se nesse período ele recebia o salário normalmente.

No geral, três servidores foram demitidos por prática de corrupção, os outros três dividiram em abandono de emprego, falta frequente e acumulação de cargos.

Quem também aparece na lista é o ex-prefeito de Rodrigues Alves, Francisco Vagner de Santana Amorim, o Deda, que também aparece como funcionário do IBAMA.

Todos os servidores ainda podem recorrer e conseguir os cargos de volta na Justiça, mas nessa primeira decisão nenhum pode ficar em cargo público pelos próximos 5 anos.

“Os servidores que receberam a penalidade máxima, a penalidade de demissão, e esse dados ficam num cadastro público qualquer pessoa pode acessar no Portal da Transparência, às vezes infelizmente órgão público precisa cortar da própria carne”, explicou o superintendente da CGU no Acre, Ciro Oliveira.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*