200717-politica-expoacre-tvgazeta

Em 2017, Cavalgada praticamente sem comitiva

Até a manhã desta quinta nenhuma inscrição de comitiva

A Cavalgada, festa que marca o início da Expoacre, vai perder um dos seus principais atrativos: as comitivas. Até a manhã dessa quinta-feira ninguém tinha procurado a organização da Expoacre para fazer a inscrição do caminhão.

O prazo se estende até essa sexta-feira, mas os empresários que apostavam nesse setor, que já foi lucrativo, decidiram investir em camarotes fixos que estão sendo construídos à margem a Via Chico Mendes onde a Cavalgada passará. Esse ano, a Cavalgada sem as comitivas deve terminar mais cedo e ser menos movimentada.

Os organizadores acreditam que o público que ficava nos caminhões que traziam bebidas e músicas vai participar da festa, só que desta vez vai ficar nos camarotes ou barracas que estão sendo levantadas por onde a Cavalgada vai passar.

Nessa quinta-feira, o governador Tião Viana visitou o parque Marechal Castelo Branco, para ver de perto os preparativos.

Uma das apostas esse ano é no programa do Sebrae, que visa ajudar os investidores do agronegócio. Uma das novidades é o curso sobre drones, uma tecnologia que ajuda nas matérias veiculadas pelos canais de televisão, mas vem ganhando espaço em outros setores. Durante a Expoacre desse ano, o Sebrae vai mostrar aos produtores rurais a vantagem de comprar um aparelho.

Segundo Mâncio Lima Cordeiro, superintendente do Sebrae/Acre, o drone é capaz de sobrevoar toda a propriedade em poucos minutos, dá para verificar o gado e a plantação com todos os detalhes, se tornando sinônimo de redução de despesas e tempo.

“O Sebrae esse ano vem apostando forte na agroindústria, e, durante os dias de feira, quer mostrar como as novas tecnologias e ideias podem ajudar a produzir mais e melhor”, completou Mâncio.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Secretaria de Estado de Agropecuária vai manter áreas com pequenos plantios nos fundos do parque. Durante os dias de feira, ficarão abertas para os pequenos produtores que desejam conhecer as melhores culturas para a região.

O governador Tião Viana explicou que nesses stands do Sebrae, Governo do Estado e Embrapa vão oferecer cursos e palestras de como melhorar a terra, plantar e como conseguir mercado com o produto.

“Os órgãos de pesquisa, além de ajudar com cursos, vão mostrar exemplos de culturas que receberam novas tecnologias que ajudam a combater pragas e tem bom rendimento na região”, relatou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*