Em Rio Branco, bebê de seis meses morre após ser arremessado durante desabamento

A tragédia ocorreu por volta das 15 horas quando a chuva e a ventania começaram

Durante uma forte chuva e ventania, um bebê de seis meses de vida morreu após ser arremessado, durante o desabamento de uma casa na tarde desta quinta-feira,06, no ramal Novo Horizonte, localizado no bairro Santa Maria, próximo ao município de Senador Guiomard.

A tragédia ocorreu por volta das 15 horas quando a chuva e a ventania começaram. A mãe estava sozinha em casa com duas crianças, uma de dois anos e outra de apenas seis meses de vida.

A casa era simples, de um único cômodo, havia sido construída há quatro anos. Apesar de ser de alvenaria, a residência não resistiu a força das rajadas de vento.

Em determinado momento, o telhado se desprendeu e foi arremessado para o terreno ao lado. O bebê de 6 meses, estava em uma rede quando o telhado foi arremessado e a criança foi junto.

Foto: Cleryston Amorim

Ao perceberem o que estava acontecendo, o vizinho tentou socorrer a criança. Eles entraram em um carro e foram em direção ao hospital do município de Senador Guiomard. Como a família mora no ramal Novo Horizonte, região do bairro Santa Maria, a unidade de saúde mais próxima é o hospital do município vizinho.

Mas, infelizmente, durante o percuso o bebê não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. Quando ele deu entrada na unidade de saúde estava sem vida.

O coordenador municipal de Defesa Civil, o coronel Cláudio Falcão, explica que estão sendo feitas todas as medidas necessárias para que a família seja ajudada.

Nós acompanhamos as ocorrências, especialmente uma como essa de desmoronamento e desabamento. Lamentamos, infelizmente o óbito de uma criança aqui, pelo acidente ocorrido. Imediatamente nós viemos ao local, justamente para avaliar a questão do acidente e também prestar auxílio. Nós estamos entrando em contato com a família e parte do auxílio funeral para poder fazer via prefeitura e também a questão posteriormente a condição familía de abrigamento e também condições materiais”, afirma.

O Corpo de Bombeiros do Município e a Polícia Militar também estiveram no local. Devido ao desabamento, a família também perdeu tudo o que tinha dentro de casa.

“Quando nós chegamos aqui, deparamos com a situação que vocês podem ver atrás da gente. A casa havia sido caída e o telhado arremesado. E o bêbe de seis mese foi projetado juntamente com o telhado, pois ele estava em um rede, com isso, foi junto. Quando chegamos aqui ele já tinha sido levado para o hospital. E agora, estão fazendo os trabalhos para verificar a causa do acidente” afirma o perito criminal, Thiago Demeterko.

Foto: Cleryston Amorim

Com informações de Aline Rocha para TV Gazeta

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*