290319-enem-isenção

Enem abre inscrições no dia 6 de maio

Isenção já estará disponível no dia 1° de abril

O edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado na segunda-feira (25). A prova será realizada nos dias 3 e 10 de novembro, mas as inscrições deverão ser feitas do dia 6 a 17 de maio.

Na próxima semana, terá início a primeira etapa do processo, onde os candidatos que pretendem solicitar a isenção da taxa precisam realizar o pedido nos dias 1° a 10 de abril. E é nesse mesmo período que os estudantes isentos no ano passado e que faltaram ao exame, devem apresentar a justificativa e solicitar, mais uma vez, a isenção.

O preço da inscrição sofreu reajuste, passando de R$ 82 para R$ 85, o que justifica o fato de que, em média, 70% do total dos inscritos são isentos da taxa.

Pode solicitar essa isenção, os estudantes da última série do ensino médio em escola da rede pública, quem cursou todo o ensino médio na rede pública ou como bolsista integral na rede particular e quem tem renda familiar, por pessoa, igual ou superior que um salário mínimo e meio. Também pode ser isento o candidato que comprove ser de família de baixa renda.

Na escola Estadual de Ensino Médio Glória Perez a própria direção incentiva que os estudantes participem do exame e, principalmente, que nenhum deles perca o prazo de inscrição.

“Uma das nossas primícias é que todos os nossos estudantes sejam 100% matriculados no Enem, então, como é que nós fazemos para alcançar essa meta, nós fazemos um movimento, todos os professores disponibilizam seus computadores, tablets, notebooks e nós matriculamos todos eles”, explicou a diretora da escola, Laura Gianne.

Victória Regina e Renan Moura cursam o terceiro ano e vão participar do ENEM pela primeira vez. Os dois reconhecem que o valor cobrado, R$ 85,00, pesa bastante no orçamento familiar e que, se perderem o prazo para entrar com o pedido de isenção, correm o risco de não conseguirem realizar o exame.

“Tem que correr pra conseguir se inscrever”, disse Victória.

“Nem todo mundo tem condições para conseguir pagar essa taxa de R$ 85, pelo menos eu procuro essa isenção porque vai me ajudar muito assim como pode ajudar muitas outras pessoas”, completou Renan.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*