240417-cotidiano-escolaabandonada-tvgazeta

Escola no João Eduardo continua abandonada

Governo diz que repassou prédio ao município

A escola João Eduardo, localizada no bairro de mesmo nome, foi inaugurada em 2009 e no final do ano passado foi desativada pela Secretaria de Educação do Estado, que na ocasião alegou falta de alunos.

No local, o prédio denuncia o abandono. Salas depredadas, portas e janelas quebradas, materiais como forro, parte elétrica e pias deixados no local foram furtados.

Em 26 de janeiro deste ano, a equipe de reportagem da TV Gazeta mostrou a situação do prédio. À época, praticamente todo o acervo de livros da biblioteca foi deixado em uma sala. Vândalos invadiram e estavam acabando com tudo. A maior parte dos livros era nova e alguns estavam até lacrados.

Após a denúncia da reportagem, a secretaria retirou todo o conteúdo do prédio e se comprometeu a cuidar do espaço. Mas, a cena continua a mesma. Outro agravante é uma caixa d’água destampada, exposta a chuva, o que torna o lugar vulnerável a proliferação do mosquito da dengue.

No terreno, muito lixo e cadeiras amontoadas.

A Secretaria de Educação do Estado, por meio da assessoria de comunicação, informou que o prédio foi repassado à Secretaria de Educação de Rio Branco há mais de um mês.

A prefeitura deve transferir a Secretaria de Educação para o local. Atualmente, a Seme está em um prédio alugado. Dois homens trabalham na limpeza da unidade, mas o cenário ainda não mudou.

“Vamos transformar o espaço na nova sede da Secretaria Municipal de Educação, onde
nós vamos levar toda a nossa estrutura, todo esse nosso serviço administrativo para aquele espaço da cidade”, disse o secretário de Educação de Rio Branco, Márcio Batista.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*