210717-cotidiano-extracaoborracha-gleilsonmiranda

Extrativistas do Acre recebem subvenção da Conab

Companhia beneficia quem extrai borracha cernambi

Extrativistas de borracha cernambi receberam R$ 59.345,06 da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no primeiro semestre, como complemento de renda pela venda de sua produção.

A subvenção foi concedida por meio da Política de Garantia de Preços Mínimos para Sociobiodiversidade (PGPM-Bio) e refere-se à comercialização de 16,38 mil kgs de borracha.

Foram beneficiados 45 extrativistas dos municípios de Acrelândia, Brasileia, Capixaba, Sena Madureira, Rio Branco e Xapuri.

APGPM-Bio garante o preço mínimo de R$ 5,42 para a borracha cernambi no Acre. Como nos primeiros seis meses do ano o preço de mercado na região girou em torno de R$ 1,80, a Conab pagou a diferença para os produtores que comprovaram a venda do produto extrativo por valor abaixo do mínimo.

Por meio da PGPM-Bio, o governo federal assegura renda às populações que ocupam e utilizam territórios e recursos naturais como meio para a reprodução cultural, social, religiosa, ancestral e econômica, através de conhecimentos, inovações e aprendizados transmitidos pela tradição. Simultaneamente, intensifica a proteção ao meio ambiente. A política contempla 15 produtos da sociobiodiversidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*