Banner rabelogoes

Pelo menos 300 famílias estão isoladas na Transacreana

A denúncia é do vereador Rabelo Góes, de Rio Branco

O vereador Rabelo Góes (PSDB) denunciou na sessão desta terça-feira, 11, na Câmara de Rio Branco, que mais de 300 famílias que vivem às margens do ramal Jarinaua, no Km 72 da estrada Transacreana, estão isoladas, e alguns produtores se preparam para abandonar as propriedades.

Sem que o ramal ofereça trafegabilidade, as famílias deixaram de plantar. O vereador comprovou a denuncia levando fotos e vídeos durante uma viagem que fez ao local nesse final de semana.

Em um dos vídeos aparece um morador , ele conta que o vizinho morreu depois de uma queda porque não tinha um transporte para levá-lo a tempo para um hospital.

As outras imagens mostram que nem mesmo caminhonete traçada  consegue vencer a lama. Motorista e passageiros ajudam com enxadas a melhorar a passagem no atoleiro e nem sempre conseguem, numa das fotos o veículo está dentro de uma enorme vala.

Em alguns pontos do ramal só mesmo com cavalo para romper tanta lama. Com a caminhonete, o vereador Rabelo Góes conseguiu rodar apenas 21 Km do ramal e gastou 4 horas para percorrer esse trecho.

O Jarinaua é usado no verão por caminhões que vão buscar toras de madeira de um projeto de manejo, quando chega o período de chuvas, os moradores pagam caro. O vereador disse que vai pedir a prefeitura que envie com urgência máquinas para o local.

Deixe uma resposta