210115-cotidiano-comercioshopping-tvgazeta

Fecomercio diz que 40% dos consumidores estão no Serasa

94% estão com pelo menos metade da renda comprometida

As lojas continuam tentando chamar a atenção dos consumidores, mas não é fácil ver alguém com pacotes de compras na mão. Além do dinheiro curto, muitas pessoas perderam o crédito.

È o que aponta uma pesquisa da Federação do Comércio do Acre, na qual mostra que 40% dos consumidores da Capital estão com o nome no Serasa. Dos 400 entrevistados, 60% informaram que estão endividados e 94% estão com a renda comprometida entre 50% e 100%.

A pesquisa aponta que o grande vilão do endividamento é a falta de planejamento de gastos. O cartão de crédito lidera o incentivo a gastança. Segundo o responsável pela pesquisa.

Para Alex Barros, o cartão oferece um falso poder e muitas pessoas compram por impulso ou desejo e quando percebem estão com as contas acumuladas. “Isso vira uma bola de neve. A dívida vai se ampliando com juros altíssimos e quando o consumidor acorda está sem crédito e com um débito impossível de pagar”, alertou.

A falta de controle sobre as finanças foi a causa apontada por 89% dos entrevistados para a acumulação das dívidas. Depois do cartão de crédito, outro responsável pela inadimplência é o cheque especial e em terceiro lugar as prestações de carros financiados.

O presidente da Federação do Comércio, Leandro Domingos, revelou que fez o levantamento para acompanhar a reclamação dos lojistas. Sem crédito, o consumidor deixar de comprar e o comércio começa a desempregar e até fechar as portas.

“Uma previsão otimista é que no meio do ano, as vendas melhorem. O grande problema na atualidade é a falta de emprego. Muitas pessoas perderam a renda e fica impossível sanar velhas contas e fazer novas compras”, completou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*