thumb-mandioca

Feijó foi o único município que obteve alta de preço

Nove produtos tiveram aumento nos custos; mandioca foi a vilã

Em setembro cinco cidades tiveram o custo total dos produtos que compõe a cesta básica alimentar abaixo dos praticados no mês anterior, com destaque para Rio Branco e Cruzeiro do Sul, que registraram os maiores decréscimos dentre as cidades pesquisadas, ambas com variação negativa de aproximadamente -0,50%. Em contrapartida, Feijó foi o único município que obteve alta de preço, com taxa equivalente a 1,13%. 
Os dados fazem parte do levantamento do Departamento de Estudos e Pesquisas (DEP) da Secretaria de Estado de Planejamento (SEPLAN ), divulgados na Agência do Governo.
Segundo o levantamento, em Feijó, em comparação com mês de agosto/2013, constatou-se que cinco produtos apresentaram decréscimos de preço, o mais relevante foi o item banana (-7,69%).
Por outro lado, nove produtos tiveram aumento em seus custos, com destaque para a mandioca, que obteve acréscimo expressivo de 10,34%, seguido pelo o tomate (3,86%).

Deixe uma resposta