Francisco Djalma é eleito presidente do Tribunal Eleitoral do Acre

Desembargador venceu Luís Camolez por quatro votos a três, nesta segunda-feira

Por 4 votos a 3, nesta segunda-feira (9), o desembargador Francisco Djalma será o mandatário da Corte Eleitoral, do Tribunal Regional do Acre, pelo biênio 2021-2023. Ele venceu o também desembargador Luís Camolez.

Votaram a favor de Francisco Djalma, os juízes eleitorais Geraldo Fonseca, Hilário Melo e Maha Kouzi Manasfi. Além do próprio desembargador que votou em si próprio, e com isso somou quatro votos.

Já Luís Camolez, além do voto dele próprio, conseguiu a aprovação dos juízes Armando Dantas e Marcos Tadeu, somando três votos, o que não foi suficiente para vencer a eleição para este biênio.

Boa parte dos votos em Francisco Djalma ocorreu com o argumento do critério de antiguidade, pelo magistrado ter mais anos de atuação no Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC).

Deixe uma resposta