Banner-expoacreparquedediversao

Governo assegura que economiza 50% na Expoacre

Cenário de crise força governo a declarar rigor em gastos

O Parque de Exposições Marechal Castelo Branco passa por uma reforma, empregando cerca de 600 trabalhadores, que estão com a responsabilidade de deixar tudo em ordem para a abertura da Expoacre. A maior feira de negócios do Estado começa no dia 25 de julho e os stands estão sendo preparados para receber os expositores.

De acordo com a organização do evento, este ano, tendo em vista a crise que enfrenta, os custos operacionais foram reduzidos em 50%. “A gente gastava em anos anteriores R$ 2 milhões e esse ano com muito esforço e ajuda da iniciativa privada e entendimento dos expositores, o governo e o Sebrae estão gastando em torno de R$ 1 milhão”, explicou o coordenador da exposição, Dudé Lima.

Mesmo garantindo economia, show’s nacionais foram confirmados, mas a contratação dos artistas é feito pela iniciativa privada. Na sexta-feira do dia 31, o cantor Luan Santana se apresenta e no sábado, 1º de agosto, o cantor Lucas Lucco.
O show gospel, de acordo com a associação dos ministros evangélicos ainda não foi confirmado.

Segundo a coordenação da Expoacre, por recomendação do Ministério Público, a cavalgada permanece no domingo, dia 26. A medida segundo o MP, evita transtornos principalmente ao comércio que era afetado no sábado com a passeata.

Deixe uma resposta