thumb acabagreve

Greve dos bancários é encerrada no Acre

Movimento durou 23 dias e causou transtornos a população

Os serviços nas agências bancárias voltam ao normal hoje (14) no Acre. Após uma paralisação de 23 dias, os funcionários do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e de bancos privados (Santander, Bradesco e Itaú-Unibanco) encerraram a greve. Segue com as atividades reduzidas apenas o Banco da Amazônia que não aceitou as propostas.

Desde o início da paralisação, os bancários queriam um aumento salarial de 11,9%, mas aceitaram a proposta de reajuste de 8%, com ganho real de 1,82%. Os pisos serão reajustados em 8,5%, com ganho real de 2,29%.

Segundo o diretor do Sindicato dos Bancários no Acre, Jorge Micheli, os funcionários já voltaram aos serviços hoje, mas não farão hora extra. “A hora extra deve ser assinada em acordo coletivo e isso ainda não foi feito. Caso os bancários trabalhem para recompensar o tempo perdido, devem se pagados”, disse.

Pela nova proposta, a participação nos lucros e resultados será de 90% do salário mais o valor fixo de R$ 1.694. O vale cultura será no valor de R$ 50 por mês e a folga será remunerada. Também foi aprovada a criação de um grupo para debater as razões dos afastamentos dos funcionários por motivos de saúde.

Deixe uma resposta