111217-cotidiano-celia-g1

Grupo Gloria descarta contaminação de leite infantil

França faz recall internacional em 13 países

O Grupo Gloria, o maior conglomerado indústria do Peru, negou contaminação por salmonela em lote de leite infantil. O assunto repercutiu na imprensa peruana depois que o governo da França decidiu por uma “retirada massiva” dos produtos da empresa Lactalis. O recall françes inclui comercialização com  Haiti, Taiwan, Paquistão, Iraque, Sudão, Marrocos, Líbano, China, Colômbia, Romênia, Sérvia, Grécia e Peru.

Vinte bebês foram contaminados pela bactéria. Mas, o Grupo Gloria disse que o produto não estava no Peru e nem no estoque ainda. Segundo o jornal peruano El Comercio, especializado na cobertura econômica, o governo francês informou que os produtos assinados pela marca Lactalis têm prazo de validade entre junho e novembro de 2019.

“Para tranquilidade dos nossos consumidores, este produto não foi comercializado no Peru. O produto Lactaris Infantil que estamos comercializando não tem nenhum problema, não é deste lote de produção afetado pela bactéria”, declarou ao jornal El Comercio, o gerente dos Assuntos Corporativos do Grupo Gloria, Fernando Devoto.

O lote do leite Gloria Infant Stage 3 comercializado no Peru foi produzido antes do dia 15 de fevereiro de 2017.
“Portanto, não estão afetadas com suspeitas de contaminação e podem seguir sendo comercializadas”, afirmou.
A empresa disse que o único lote importado da França este ano corresponde a quatro toneladas. Destas, 1.3 toneladas já foram distribuídas gratuitamente pelo Grupo Gloria S.A. Devoto assegurou que todo o leite foi bem fiscalizado antes de ser distribuído. O restante do lote importado não foi distribuído.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*