Helicóptero que caiu no Acre pode ter apresentado falhas no motor

No momento, todas essas informações são preliminares, e será aguardado uma decisão definitiva

O Sistema de Investigações e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Sipaer) concebeu informações preliminares do helicóptero que prestava serviços à saúde indígena na região do Juruá e que precisou realizar um pouso forçado no dia 8 de maio, em área próxima ao rio Crôa, no interior do Acre. A informação é de que existe possibilidades do motor ter falhado.

A equipe da aeronáutica acreana foi junto com o grupo da Sipaer realizar uma perícia no local em que ocorreu o acidente, depois de dois dias da queda, e de acordo com o documento, foi confirmado o problema no motor.

Umas das pessoas que estavam no helicóptero, o técnico de enfermagem, João Ramos, informou que o motor parou e com isso o transporte aéreo caiu.

“Estava tudo normal na aeronáutica, sem nada de diferente, até que o motor deu aquele estalo, um estouro, e ai nós já começamos a perder altitude. Foi tudo muito rápido, pois foi aproximado 40 segundos de duração, e de repente já estávamos no chão. E pelo o meu ponto de vista, foi mais uma queda livre do que forçado”, relembra Ramos.

No momento, todas essas informações são preliminares, e será aguardado uma decisão definitiva, por meio de um relatório final, que constatará o que realmente aconteceu.

Relembre o caso

O comandante do Corpo de Bombeiros do estado, Charles Santos, disse que o piloto e o mecânico haviam saído de Cruzeiro do Sul para resgatar dois indígenas que precisavam de atendimento médico em uma comunidade da região.

Segundo o Corpo de Bombeiros, estavam na aeronave: o piloto, um mecânico, um técnico de enfermagem, além do casal com seus filhos gêmeos de 1 ano e 4 meses. As crianças estão com pneumonia e foram trazidas com seus pais e entregues à equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Saúde Indígena que aguardava no porto do Crôa.

Informações de Gledisson Albano para TV Gazeta

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*