071117-cotidiano-igaraperendencao-tvgazeta

Igarapé Rendenção volta a abastecer Bujari

Depasa suspende serviço com carros-pipa na cidade

O Depasa decidiu suspender o abastecimento de água por carros pipa para o município de Bujari. A medida foi tomada por que o igarapé Redenção voltou a alimentar o reservatório da cidade. Mesmo assim o racionamento de água continua na região.

A forte seca que afeta o Acre deixou a população do município do Bujari sem água potável. O único açude que funciona como reservatório da cidade, praticamente secou. O Depasa só conseguia extrair barro e como medida emergencial iniciou o transporte de água através de carros pipa. Da estação de tratamento de Rio Branco, a ETA 2, para a estação do Bujari, que abastece a região.

Foram 38 dias dessa operação, totalizando 19 milhões de litros d’água transportadas. Mas agora o Depasa suspendeu os carros pipa, por que o Igarapé Redenção voltou a alimentar o reservatório. A quantidade de água que está chegando segundo o Departamento é suficiente para abastecer o município pelo menos, duas vezes por semana. Ou seja, o racionamento continua.

“O recado mais importante é que continuem economizando água. Utilizem a água de forma racional evitando o desperdício. A gente espera que em breve retome o abastecimento, um dia sim e um dia não, que é o que a comunidade está acostumada. E esperamos contar com o apoio dela pra passar por esse problema”, disse o diretor de operações Depasa, David Bussons.

Com as últimas chuvas o reservatório está mantendo o nível, e no local mais profundo do açude atinge 1 metro e 20 centímetros. A estação está conseguindo captar 30 litros por segundo, funcionando 12 horas por dia. Em dias normais o funcionamento é de 24 horas. São abastecidos 1,5 mil domicílios, sem contar as ligações clandestinas. Em média, 6 mil pessoas são atendidas no Bujari pelo Depasa.

Para resolver o problema de falta de água na época da estiagem, a meta é escavar mais o açude. Esse projeto deve ser executado no ano que vem.

“A exemplo do que está sendo feito em Acrelândia e na Vila do V em Porto Acre, então estamos finalizando os projetos de engenharia. Vamos licitar a obra esse ano pra no verão do ano que vem fazer essa obra pra aumentar o volume”, completou.
O açude foi projetado pra fornecer água para o aeroporto de Rio Branco, que fica há 4 Km do local, e município de Bujari. Uma barragem foi construída para ajudar o reservatório a ser abastecido pelo igarapé Redenção.

Nos últimos anos, a temporada de seca tem sido severa e coloca o sistema de abastecimento em alerta. Sem um plano B, até agora, é preciso aguardar respostas da natureza e apelar para o consumo racional.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*