Influenciadora recupera guarda da filha que estava em SP com o pai

Ludmilla Cavalcante lutava para ter de volta a filha Antonella há mais de um ano

Após mais de um ano buscando recuperar a guarda da filha Antonella, a influenciadora digital acreana Ludmilla Cavalcante informou nas suas redes sociais na noite desta quarta-feira (27), que conseguiu na justiça a guarda unilateral da criança de apenas 2 anos.

“Julgo procedente o pedido contraposto e concedo a guarda unilateral de A.C.C.B à requerida [Ludmilla, mãe da criança], lavrando-se o termo oportunamente para regularização. Após análise exauriente do feito, entendo cabível a concessão parcial da tutela de urgência pleiteada pela requerida”, diz o documento do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).

“Acabou! Essa foi a última chamada de vídeo antes da guarda unilateral da Antonella ser minha! A sentença do meu processo finalmente saiu, a Antonella vai voltar pra casa e a guarda unilateral dela é minha”, escreveu a mãe em seu perfil pessoal no Instagram.

O site Agazeta.net entrou em contato com a mãe e o pai de Antonella para se manifestar sobre a decisão do TJSP, mas até o fechamento da matéria nenhum dos dois havia se pronunciado sobre o caso.

Entenda o caso

A influenciadora digital usou as redes sociais para tentar mobilizar o Tribunal de Justiça de São Paulo a seu favor para recuperar a guarda da filha Antonella, que está com o pai no interior do estado, onde ele mora. A filha primogênita do casal ficou com o pai, que é separado de Ludmilla, enquanto a mãe dava a luz a segunda filha deles, Catarina. Mas, o pai das crianças entrou com o pedido de guarda provisória da filha, e ficou com ela por mais de um ano.

Deixe uma resposta