Dez ônibus ficam parados por falta de combustível em Rio Branco

Após 4 horas, o atendimento nas linhas afetadas foi normalizado

Ao menos 10 ônibus da companhia Auto Aviação Floresta foram recolhidos para a garagem da empresa na manhã desta segunda feira (29).

O motivo: falta de combustível. Além disso, outro veículo, o décimo primeiro ônibus, estava parado sem diesel em frente à sede da Caixa Econômica Federal no centro de Rio Branco. No atual momento, esse último ônibus já foi levado ao pátio da empresa, que funciona nas imediações do posto Amapá, no Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo o diretor da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (RBTrans), Clendes Vilas Boas, essa empresa afirmou que não efetuou os atendimentos por conta da falta a entrega de um caminhão diesel em sua garagem, portanto não tinha combustível para efetuar os percursos, e não foi avisado com antecedência.

“Em relação ao transporte público, fomos surpreendidos com a falta de atendimento em várias linhas da operadora Floresta. Não fomos informados, e nem os usuários do transporte coletivo, acerca desta situação por parte da operadora responsável”, afirmou Vilas Boas.

Essa empresa é responsável pelo atendimento das linhas Santa Maria, Panorama, Cidade do Povo, Alto alegre, Transacreana, Apolônio Sales, Bom Jesus, Floresta, Circular aviário, Polo Benfica, Tancredo Neves. Como uma forma de diminuir a demora, foi necessário à convocação da empresa Via Verde, que ajudou no transporte de passageiros. Além disso, após 4 horas o atendimento foi normalizado.

“Estamos autuando a operadora responsável com as reprimendas legais e encaminhando o caso a procuradoria jurídica, para juntar com o inquérito instaurado sobre outros episódios anteriores registrados e também com atuações lavradas”, concluiu o diretor.

Deixe uma resposta