thumb medicos

Médicos brasileiros formados no exterior devem informar registro

Cadastro estadual vai até o próximo dia 16

O médicos brasileiros formados em outros países que desejarem se inscrever no cadastro online da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) deverão informar o número do registro profissional do país de formação (correspondente ao CRM no Brasil) até o dia 16 de outubro. Os formados que não possuírem o registro deverão se inscrever no campo “médicos formados aguardando documentação”.

Quem já efetuou o cadastro receberá um e-mail da Sesacre solicitando que informe se possui ou não o registro. A exigência servirá para separar o cadastro de profissionais que já têm o documento dos que não têm, para que o governo do Estado, juntamente à Sesacre e às bancadas parlamentares estadual e federal, possa buscar um convênio com os países de origem dos profissionais, a fim de diminuir o tempo de emissão da documentação.

O cadastro estadual pode ser feito no site da Sesacre (www.saude.ac.gov.br). A lista de inscritos serve de base para que o governo busque, via Ministério da Saúde, a contratação de profissionais para trabalhar no Acre, pelo programa Mais Médicos.

O programa paralelo para contratação de médicos do exterior para o Brasil, feito pelo governo do Acre para introduzir ao programa Mais Médicos do governo federal, já deve trazer 358 médicos formados na Bolívia e no Peru. A previsão é que esses profissionais comecem o serviço no final do ano.

Os acreanos, caso atendam aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, terão prioridades na contratação, segundo informou a secretária estadual de Saúde Suely Melo.

Deixe uma resposta