Thumb reunião

Médicos participam de reunião com gestores no Acre

Profissionais atuarão em oito cidades acreanas em novembro

Para acolher os 30 médicos que chegaram no último domingo, 27, e que atuarão no Estado por meio do Programa Mais Médicos, foi realizada ontem, 29, no auditório do Instituto da Previdência Social do Acre (Acreprevidência), uma reunião com gestores municipais, estaduais, representantes do Ministério da Saúde (MS) e deputados estaduais. Esses profissionais irão contemplar oito municípios do Estado, além do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI).
Durante a reunião, os profissionais puderam conhecer um pouco mais sobre a história, geografia e cultura, além da situação da saúde, aspectos, caracterização do processo de regionalização e regulação do estado.
Após a solenidade de acolhimento, foi realizada uma coletiva de imprensa com a secretária de Estado de Saúde, Suely Melo, que falou da importância do Programa Mais Médicos para o fortalecimento da Atenção Básica.
“O Mais Médicos representa a ampliação do acesso à assistência, por meio da oferta de melhores condições de saúde para a população. É um programa importante, pois esses profissionais vão atuar na prevenção de doenças e promoção à saúde. Cerca de 80% dos casos de doenças podem ser resolvidos na Atenção Básica”, disse a secretária.
Entre os profissionais selecionados para o Estado, está a acreana, natural de Rio Branco, Cibele Cristina Cunha. Formada em clínica geral há cinco anos, Cibele conta que iniciou o curso de medicina em Cuba e depois de dois anos se transferiu para a Espanha, onde concluiu a graduação.
A médica não esconde a alegria de retornar ao Acre e diz que o Programa Mais Médicos possibilitou a concretização de um sonho. “Morei e trabalhei na Europa por quatro anos, mas meu sonho era trabalhar perto da minha família. Agora estou realizada. Sempre quis voltar para casa. Amo minha terra e não troco o Acre por lugar nenhum”, comentou, emocionada.
Ao todo, são 52 profissionais que irão atuar pelo Mais Médico no Estado. Os municípios contemplados nessa nova etapa são Cruzeiro do Sul, Assis Brasil, Brasileia, Sena Madureira, Feijó, Tarauacá, Capixaba, Rio Branco e nos Distritos Especiais Indígenas do Juruá e do Purus.

Deixe uma resposta