280219-cotidiano-microempreendedor

Microempreendedores reivindicam espaço

Eles querem trabalhar próximo ao local do carnaval

Com cancelamento do carnaval que seria realizado na Avenida Brasil, no centro de Rio Branco, dezenas de microempreendedores se dizem prejudicados, já que teriam ficado sem um local para comercializar seus produtos durante a festividade.

Os cerca de 190 microempreendedores do Economia Solidária, foram até a prefeitura nesta quinta-feira (28) reivindicar um espaço no Novo Mercado Velho, onde será o ponto de realização do desfile dos blocos carnavalescos.

Eles reclamam que até o momento a prefeitura não atendeu ao pedido dos trabalhadores, “a gente foi até a prefeitura, tivemos reuniões com o assessor da prefeita, ficou tudo certo que ele iria fazer o croqui do mercado e que ia ter uma liberação de espaço pra gente. Fizemos um oficio e entregamos na secretaria da cidade, pedindo a liberação pros nossos grupos”, explicou a microempreendedora, Joia.

“É organizado pela prefeitura, o espaço é público, então porque nós não temos o direito ao espaço aqui?” questionou ela.

Caso a prefeitura não ceda o espaço pedido, os microempreendedores afirmam que vão montar suas bancas, mesmo que de forma ilegal, “nós não teremos outra alternativa, a não ser montar nossas barracas mesmo sem autorização, porque nosso povo precisa trabalhar. Só no meu grupo tenho na faixa de 120 pessoas, e estão todos perguntando o que vamos fazer nessa temporada,” disse Paulo.

Apesar do contato feito por telefone com a assessoria da prefeitura, não obtivemos resposta até o fechamento desta matéria.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*