Banner HPV2maio

HPV: M.S e Sesacre apresentam números diferentes de vacina

Ministério fala em 36,9%; dados locais apontam 82%

Em março deste ano, o Ministério da Saúde lançou a campanha de vacinação contra o HPV, o papiloma vírus humano. A medida ocorre pela primeira vez no país e atende garotas de 11 a 13 anos de idade. A meta mínima é alcançar 80% do público alvo.

Os dados apontam o Acre com um dos piores índices. Foram 36,9% de cobertura. Ou seja, pouco mais de nove mil adolescentes alcançadas.  Mas a Secretaria Estadual de Saúde, Sesacre, rebate os números.

Os dados locais apontam que 82% das adolescentes já foram vacinadas no estado. Bujari, Epitaciolândia e Brasileia apresentam os melhores resultados. Diferente de Senador Guiomard, Capixaba e Sena Madureira que estão muito abaixo da meta.

Izanelda Magalhães, diretora de vigilância em saúde, explica o motivo dessa diferença entre os resultados das instituições. “Temos vários níveis da transmissão do sistema de imunização no país e tivemos um problema na transmissão de dados da base estadual para a federal” explicou.

Mesmo após o fim da campanha, a diretora argumentou que a vacina continua disponível nos mais de 300 postos da rede pública de saúde do Acre.

Deixe uma resposta