221216-cotidiano-comercio-tvgazeta 410 305

Ministério do Trabalho divulga dados do CAGED

Com 1.894 demissões, Acre tem variação negativa de 1,22%

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia divulgou, nesta quinta-feira (28), dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) referente ao mês de janeiro. O Brasil teve saldo positivo de 34.313 empregos formais no primeiro mês de 2019 e manteve a tendência de crescimento registrada em 2018.

O resultado positivo decorreu de 1.325.183 admissões e 1.290.870 desligamentos. Nos últimos 12 meses, houve crescimento de 471.741 empregos, representando variação de +1,24%.

Onze das 27 Unidades Federativas (UFs) fecharam o mês com variação positiva no saldo de emprego. Os maiores resultados ocorreram em Santa Catarina, com 20.157 postos (+1,01%); São Paulo, com 14.638 postos (+0,12%); Rio Grande do Sul, com 12.431 postos (+0,49%); Mato Grosso, com 11.524 postos (+1,68%); Paraná, com 9.145 postos (+0,35%); Mato Grosso do Sul, com 6.094 postos (+1,21%); e Goiás, com 3.777 postos (+0,31%).

Os menores saldos de emprego foram verificados no Rio de Janeiro, com -12.253 postos (-0,37%); Paraíba, com -7.845 postos (-1,94%), Pernambuco, com -7.242 postos (-0,58%); Alagoas, com -5.034 postos (-1,43%); Ceará, com -4.982 empregos (-0,43%); Para, com -2.919 empregos (-0,40%); e Piauí, com -1.905 postos (-0,65%).

Na contramão

No Acre o cenário foi diferente do restante do país. O estado teve uma variação negativa de 1,12%. No mês de janeiro deste ano, foram 1.399 admissões, contra 2.138 desligamentos.

Para o levantamento, o CAGED levou em consideração dados de 6 municípios acrianos, entre eles, Rio Branco. A capital acriana registrou 1.207 admissões e 1.894 desligamentos, ou seja, uma variação negativa de -1,22%.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*