Banner-ramaldorodo2

Ministério Público cobra ações para melhoria de ramais

Discussão com gestores pela garantia de direitos

A promotoria especializada de Habitação e Urbanismo do Ministério Público do Acre se reúne nesta manhã com representantes do governo do Estado e da Prefeitura de Rio Branco para discutir o que precisa ser feito para garantir direito das comunidades rurais.

Não basta o respeito ao direito de ir e vir. As questões de segurança e de saúde devem ser preservadas. Os moradores reclamam que as atividades de extração de areia e barro nas proximidades do rio Acre prejudicam a qualidade de vida.

Muita poeira e riscos de andar às margens dos ramais por causa do trânsito de caminhões em alta velocidade fazem parte da rotina, por exemplo, do ramal do Rodo, na região do Amapá.

A reunião do MP com os gestores acontece na manhã desta sexta-feira na sede da instituição no Centro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*