thumb mp

“MP na Comunidade” faz levamento no Taquari

A comunidade é a primeira a receber a iniciativa

De casa em casa e em busca de informações, acadêmicos de Serviço Social e agentes do Ministério Público iniciaram uma verdadeira maratona pelo bairro Taquari, no Segundo Distrito da capital acreana. No local, vivem, aproximadamente, 10 mil pessoas.
O objetivo do programa “Ministério Público na Comunidade” é fazer um levantamento socioeconômico dos moradores. A comunidade é a primeira a receber a iniciativa que faz parte das comemorações dos 50 anos da instituição. E isso tem um motivo: o bairro apresenta altos índices de vulnerabilidade social. Nos últimos nove anos, 38% dos homicídios no estado ocorreram no Taquari.
“Abordamos, de modo geral, a situação de vida dos moradores. Entra a parte de infância e adolescência, infraestrutura, saúde. A ideia é fazer um atendimento de interesses coletivos e individuais”, relata coordenador-geral da pesquisa, Artur Leite.
Cerca de 1.200 questionários vão ser aplicados aos moradores. No próximo sábado, 28, a escola estadual João Mariano recebe toda estrutura da instituição. Dona Maria de Fátima Lima diz que já ouviu falar no Ministério Público. Ela também recebeu a visita da equipe e aprovou a iniciativa. “Eu acho que seja melhor para a gente”, concluiu.

Deixe uma resposta