180319-upa-cidade-povo

Moradores do Cidade do Povo reclamam de falta de médico

Na UPA do bairro apenas 1 médico cobre plantão

Os moradores do bairro Cidade do Povo reclamam que estão voltando para casa sem terem sido atendidas por um médico na Unidade de Pronto Atendimento do bairro

Segundo esses pacientes, encontrar um médico em dia de plantão é raridade, além disse eles alegam que há mais médicos de plantão no horário noturno, quando o serviço é menos procurado. “Eles estão fazendo tudo ao contrário. A comunidade precisa ser atendida pela manhã, aí vem de manhã só um médico de emergência, quando tem”, reclamou o autônomo, Robson Silva.

Segundo a direção da unidade, desde janeiro eles trabalham com apenas um médico no plantão. E caso esse profissional falte, as consultas não são realizadas. Mas a equipe de técnicos e de enfermeiros tenta, na medida do possível, prestar assistência aos pacientes. “A gente verifica os sinais, vê se o paciente está com algum tipo de emergência, se tiver a gente encaminha pra emergência e comunica o Samu, que orienta o que a gente faça. Sem atendimento ninguém fica,” garantiu a enfermeira Eliane Franco.

Para os moradores, apesar deles entenderem a dificuldade e a boa vontade da equipe, a presença regular de um médico é importante e transmite mais segurança e confiança à pessoa doente. “Várias vezes eu vim e não tinha médico, daí eu voltava com a mesma dor pra casa e ficava morrendo em casa mesmo que não tinha dinheiro para ir pra outra unidade, e a situação agora continua”, disse a dona de casa Elizângela Gomes.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*