thumb buracoagua

Mosquito da dengue já se desenvolve em água suja

Secretaria Municipal de Saúde alerta para o risco

A Secretaria de Saúde do município está alertando que, apesar do índice de infestação do mosquito da dengue ter baixado, existe um novo problema que pode aumentar os casos da doença na cidade: o mosquito está se reproduzindo em água suja.

Os agentes já encontraram larvas vivas em diversos ambientes de água completamente suja. Como estamos em pleno período de chuvas, os riscos de locais com poças d´água aumentou, principalmente em áreas sem habitação.  

O índice de infestação do mosquito aedes aegypt, tinha baixado esse ano, quando se analisa os números de anos anteriores. No final do mês de outubro a infestação estava em 4,14%, enquanto no mesmo mês do ano passado o índice 6,3%.

O morador de Rio Branco tinha tudo para comemorar, até porque foram 34 notificações da doença nesses primeiros dias de novembro. Em 2012 nessa mesma semana foram 84 casos. Outro problema é que a responsável pela maior proliferação do mosquito, aquela caixa d’água que fica no solo, continua sem a tampa em muitas residências.

Por toda a cidade, principalmente, em locais sem habitação, o lixo acumula água suja e limpa. O risco de ter mais mosquitos e mais doentes aumentou, mas, se houve ajuda da população, os número podem se manter baixos, alerta a diretora do departamento de combate a endemias, Mônica Morais. A Secretaria de Saúde distribui os 167 agentes pela cidade, mas é preciso evitar vasilhames e caixas d’água sem tampas. Em Rio Branco ainda existe a dengue do tipo 4, responsável por 92% dos 1.182 casos confirmados esse ano.

Nessa quarta-feira, a prefeitura fará um arrastão no bairro vitória levando informações aos moradores. Será o lançamento da semana nacional de combate a dengue.

Deixe uma resposta