thumb MTcruzeiro

MTE: cruzeirenses reclamam de atendimento

Falta de servidores é o grande problema

Sem a mínima estrutura para oferecer um atendimento de qualidade à população, o Ministério do Trabalho em Cruzeiro do Sul conta atualmente com apenas três funcionários, dos quais apenas um está realizando atendimento, dos outros dois, uma está de licença maternidade e outro de férias.

O fato está gerando um grande problema nos últimos dias, o número de pessoas que procuram a agência e ficam na fila é exagerado. Principalmente neste período do ano em que os pescadores vão em busca de dar entrada no seguro defeso.  Algumas pessoas chegam a ficar 24 horas na fila esperando atendimento.

A pescadora Francisca Alves pede agilidade no andamento do seguro, pois necessita do dinheiro para realizar tratamento de saúde. “Até mesmo os que já conseguiram ser atendidos tiveram que esperar durante dias,’’afirma Francisca.

Além do número escasso de funcionários, o local também é inapropriado para o atendimento, funcionando em uma casa alugada. Segundo o gerente local do Ministério do Trabalho, Paulo de Sá, um termo de não conformidade está sendo confeccionado para ser enviado para superintendência do órgão em Rio Branco em busca de uma solução para os problemas.

Apesar de ter sido aberto edital para realização de concurso no Ministério do Trabalho nesta quarta-feira, nenhuma vaga foi disponibilizada para o município,  mesmo com os inúmeros problemas apresentados.

Deixe uma resposta