huerb

Mudanças no trânsito na região do pronto-socorro passa por avaliação

Prefeito Marcus Alexandre realizou nesta, segunda-feira, inspeção no local

ps1
Prefeito Marcus Alexandre realizou nesta, segunda-feira, inspeção no local (Foto: Divlgação)
O prefeito Marcus Alexandre realizou nesta segunda-feira, 15, inspeção e reconhecimento do serviço de implantação de calçadas na Travessa Manoel Barata, que liga a Rua José de Melo (próxima ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, HUERB) a Avenida Isaura Parente, no bairro do Bosque. No lado direito, a calçada foi amplamente melhorada, e, no esquerdo, a Prefeitura implantou passeio ao longo de praticamente todos os 150 metros da Manoel Barata, desde a Clínica Sabin até a esquina com a Isaura Parente.

E no âmbito do Programa de Readequação da Malha Viária (REVI), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Rio Branco (RBTRANS) otimizou o fluxo de veículos naquela travessa, preparando-a para a grande mudança no trânsito da região do HUERB, também identificado com o Pronto Socorro: a partir do próximo sábado, 20, o trecho em frente ao hospital terá mão dupla a partir de série de intervenções que vão da instalação de tachões para segregar e direcionar o fluxo de veículos ao recuo do estacionamento de moto-táxis e construção de um ponto novo para os taxistas que ali trabalham.  

De acordo com o diretor de Trânsito da RBTRANS, Nélio Anastácio, as mudanças trarão “impacto grande” não só na melhoria do acesso ao pronto-socorro –uma vez que não será mais necessária a volta pela Isaura Parente quando o veículo vem do bairro José Augusto –quanto para os moradores dos bairros da parte alta da cidade. Atualmente, o motorista que transita na Avenida Nações Unidas a partir do restaurante Água na Boca tem de entrar na avenida Getúlio Vargas, passar pela Isaura Parente e retornar à Nações Unidas para então conseguir acessar o hospital.

O ponto de moto-táxi em frente ao PS terá seu estacionamento recuado para retirar as motos da via. O estacionamento também será removido para criação da nova mão. Na outra margem, o ponto de táxi ganhará cobertura nova. A atual já tem 17 anos. O projeto está sendo debatido com os dez taxistas que trabalham no local.

O REVI já promoveu importantes alterações nas vias de Rio Branco. Foram feitas alterações em sentido de várias ruas e também readequações em avenida e travessas para assegurar maior fluidez e reduzir os conflitos no trânsito. Paralelamente ao REVI, a Empresa Municipal de Urbanização (EMURB) faz o reordenamento da pavimentação, calçadas, meios fios, saídas de bueiros e melhorias nos acessos que recebem o reordenamento.  

São adequações aparentemente pequenas, mas que tem diminuído os transtornos no trânsito. A mudança ocorrida recentemente na avenida Dr. Pereira Passos, na entrada do bairro Seis de Agosto, por exemplo, foi dita pelo prefeito como já absorvida pela população. “Não tivemos nenhum problema até agora. As pessoas não precisam mais cruzar as duas pontes para sair da Seis de Agosto e acessar a Via Chico Mendes”, observou Marcus Alexandre.  

As alterações são executadas por vários órgãos municipais: A SEMSUR realiza a limpeza e retirada de entulho e em seguida a EMURB faz a recuperação do asfalto e outras alterações como a diminuição de rotatórias e a construção de calçadas com rampas com acessibilidade. A secretaria de Obras Públicas coordena o Programa de Construção e Recuperação de Calçadas e a RBTRANS completa o sistema de segurança com a implantação ou revitalização da sinalização vertical e horizontal. Na visita à região do pronto-socorro, o prefeito Marcus Alexandre foi acompanhado pelo coordenador da Regional do bairro do Bosque, José Maria, pelo superintendente da RBTRANS, Ricardo Torres e pelo diretor de Trânsito da RBTRANS, Nélio Anastácio.

Deixe uma resposta