thumb papelão2014

Mulheres aprendem transformar caixas de papelão em arte

Projeto visa gerar renda e autoestima nas alunas

Mais um grupo de mulheres de comunidades carentes encerrou nesta segunda-feira (24) a oficina “Criando e reciclando o papelão”. O projeto executado pela Fundação Elias Mansour visa capacitar mulheres na arte de transformar peças de artesanato, que podem gerar renda e autoestima nas alunas.

Desde o início do projeto, cerca de 800 mulheres foram capacitadas. Aprenderam a usar as mãos e a criatividade para criar peças lindas, de materiais que seriam jogados no lixo. Caixas de sapato ou de leite por exemplo, ganham nova vida, em lindos artigos decorativos e bolsas femininas.

Mirta Lima faz parte da turma de 20 mulheres que concluiu hoje a oficina “Criando e reciclando o papelão”. Segundo a dona de casa, a renda familiar vai aumentar agora com a conclusão do curso. “Na minha própria casa posso ter minha renda, posso fazer artesanato e essa oportunidade não vou deixar escapar”, declarou.

A artista visual Silvania Mota ministra a oficina que ensina revestir de tecido e fita caixas recicláveis. “Aqui a palavra de ordem é reciclar. Elas trabalham fazendo reaproveitamento e fica muito bonito”, disse.

Além do aspecto terapêutico que o artesanato traz e a renda extra familiar, as mulheres são despertadas para criar e continuar repassando o conhecimento para outras. A oficina é executada pela Fundação de Cultura Elias Mansour e esta é a terceira edição do projeto. A meta é continuar expandindo a oferta do curso de artesanato.

Deixe uma resposta