thumb rioacre

Nível do rio Acre aumenta mais de um metro em 48 horas

Semana deve ser chuvosa em todo estado

O último fim de semana foi marcado por chuvas intensas em boa parte do estado. Na capital, o nível do rio Acre aumentou mais de um metro em 48 horas. Segundo a Defesa Civil estadual o comportamento ainda é considerado normal.

De acordo com o pesquisador climático Davi Friale, a previsão do tempo para esta semana também é de chuva e em alguns pontos podem ocorrer temporais. Entre novembro e abril, os acreanos passam pelo chamado ‘inverno amazônico’, período em que as precipitações acontecem com maior frequência na região.

“As chuvas intensas são devido à chegada de uma frente subtropical, no sábado(16), cujo choque com o ar quente e úmido, que está sobre o estado, provoca instabilidade generalizada em toda a atmosfera da região. Os ventos úmidos que vêm do oceano Atlântico Norte alimenta, ainda mais, com umidade toda a Amazônia Ocidental. Assim, as chuvas ocorrem, a qualquer momento, no Acre, em Rondônia, no Amazonas, no norte da Bolívia e na selva do Peru”, afirmou Friale.

Nível do rio Acre aumenta mais de um metro em 48 horas

Semana deve ser chuvosa em todo estado

O último fim de semana foi marcado por chuvas intensas em boa parte do estado. Na capital, o nível do rio Acre aumentou mais de um metro em 48 horas. Segundo a Defesa Civil estadual o comportamento ainda é considerado normal.

De acordo com o pesquisador climático Davi Friale, a previsão do tempo para esta semana também é de chuva e em alguns pontos podem ocorrer temporais. Entre novembro e abril, os acreanos passam pelo chamado ‘inverno amazônico’, período em que as precipitações acontecem com maior frequência na região.

“As chuvas intensas são devido à chegada de uma frente subtropical, no sábado(16), cujo choque com o ar quente e úmido, que está sobre o estado, provoca instabilidade generalizada em toda a atmosfera da região. Os ventos úmidos que vêm do oceano Atlântico Norte alimenta, ainda mais, com umidade toda a Amazônia Ocidental. Assim, as chuvas ocorrem, a qualquer momento, no Acre, em Rondônia, no Amazonas, no norte da Bolívia e na selva do Peru”, afirmou Friale.

Deixe uma resposta