14-06-21-Raiva bovina

No Acre, municípios registram raiva bovina no rebanho

Idaf alerta criadores para que animais sejam vacinados

No interior do estado Acre, casos de raiva bovina foram registrados em abril deste ano, e é possível que o alastramento da doença esteja relacionado diretamente com o relaxamento da vacinação por parte de alguns criadores.

Em apenas uma criação mais de 20 cabeças de gado foram contaminadas e acabaram morrendo. A raiva bovina é uma doença infecciosa que quando atinge o animal, provoca convulsões, tetania, paralisia respiratória e hidrofobia.

Os técnicos do Instituto de Defesa Agropecuária Florestal (Idaf) coletaram amostras dos animais suspeitos, que após análises, apontou sete casos positivos para a doença. Até o momento, os municípios com casos confirmados são: Xapuri, com duas ocorrências; Jordão, também com dois casos; e Feijó, com três.

“Recomendamos que os criadores que identificarem sintomas assim como esses ou outro tipo de sintoma fora do comum nos seus animais, procure a unidade local do Idaf mais rápido possível e faça a notificação”, explica o diretor técnico da instituição, Jessé Monteiro.

O médico veterinário também orienta aos produtores a não relaxarem na vacinação do gado, já que esta é a melhor forma de combater a doença e proteger o rebanho.

Deixe uma resposta