02-07-2019 emprego

Número de empregados no Acre aumenta aponta CAGED

Apesar do resultado cenário ainda é de crise

No último levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, (CAGED) o número de empregados no Acre apresentou uma leve melhora. No mês de maio foram gerados 2361 postos de trabalho com carteira assinada e houve 1991 demissões. O saldo positivo foi de 370 empregos.

Carlos Franco, economista e professor da Ufac, explica que o comércio e, principalmente, a construção civil foram os setores que mais empregaram. “Com certeza isso é um efeito em relação ao estado ter começado a regularizar obras que estavam paradas, e também tem haver com o efeito verão, onde a prefeitura e as iniciativas privadas aproveitam o período para realizar obras.”

Apesar desse crescimento os números ainda estão longe de afastar um cenário de crise. Segundo dados do CGED, o setor agronegócio foi o um dos que mais apresentou baixa, com 93 demissões no primeiro trimestre de 2019. Na iniciativa privada que corresponde a maior fatia dos recursos que entram no estado, o cenário também não é dos melhores.

O ambulante Isaias Gomes tenta uma vaga no mercado de trabalho há mais de 20 anos. Sem perspectiva de se inserir em uma empresa, resolveu empreender e vende todo tipo de produto na rua. “Nos lugares que você chega eles dizem para deixar um currículo, mas depois a gente fica aguardando e no final nada de conseguir”, afirma o ambulante.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*