Papelarias se preparam para volta às aulas presenciais

Pandemia causou cerca de 40% de queda em vendas

Muitos estabelecimentos sofreram prejuízos com a pandemia do novo coronavírus, entre eles, as papelarias. Com as aulas presencias suspensas desde o ano passado, a compra de materiais escolares teve uma queda significativa.

“A queda de procura de material foi muito grande, dois anos já que não existe volta às aulas, nas papelarias que representa de 30% a 40% do faturamento do ano no varejo, ano passado a procura por material foi muito pouca, visto que foi tudo paralisado”, desabafou Vitor Davi, gerente de papelaria.

As aulas presenciais foram suspensas no dia 17 de março de 2020, quando o Acre anunciou os primeiros casos de covid-19 no estado. Segundo a Secretária de Educação do Acre, a retomada está prevista para o dia 8 de setembro, com modelo de ensino híbrido, ou seja, com aulas presenciais e remotas.

O gerente de papelaria afirma que fez uma pequena reposição no estoque, devido algumas escolas estarem reaproveitando os materiais que não foram utilizados no ano passado.

“A gente já observa uma procura por mochilas, itens de reposição, mas não aquela lista completa como era acostumado a ter durante o volta as aulas” conta Davi. A expectativa é que o movimento cresça ainda mais até setembro.

Foto: Reprodução.

Deixe uma resposta