1009-cotidiano-industriaacre

IBGE aponta queda de empregos no setor industrial

Norte e Centro-Oeste foram as únicas a apresentar avanço

O pessoal ocupado na indústria em agosto recuou em relação a junho (-0,7%), na série com ajuste sazonal, e em relação a julho de 2013 (-3,6%), acumulando quedas no ano (-2,6%) e nos últimos 12 meses (-2,2%). O número de horas pagas também teve taxas negativas nessas quatro comparações: -0,3%, -4,2%, -3,1% e -2,6%, respectivamente.

Já o valor da folha de pagamento real caiu 2,9% em relação a junho e 3,4% contra julho de 2013, mas ainda acumula taxas positivas de 0,6% no ano e de 0,1% em 12 meses.

Em relação a julho de 2013, o emprego industrial caiu 3,6%, trigésimo quarto resultado negativo consecutivo nesse tipo de confronto e o mais intenso desde novembro de 2009 (-3,7%). Com isso, o índice acumulado no ano também recuou (-2,6%) e o acumulado nos últimos doze meses (-2,2%) também manteve a trajetória descendente, iniciada em setembro do ano passado (-1,0%).

Em contrapartida, a Região Norte e Centro-Oeste, com variação de 0,4%, assinalou a única influência positiva nos sete primeiros meses de 2014. O principal avanço foi apontado no setor de transportes com 0,5% de aumento no mês de agosto deste ano em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*