030620-ufac-retorno-aulas-pandemia

Pesquisadores produzem primeiros embriões bovinos in vitro na Ufac

Trabalho foi realizado pelos professores da Veterinária

A Estação de Melhoramento e Difusão Genética Animal (Emdga), cedida à Universidade Federal do Acre (Ufac) pelo governo do Estado em fevereiro deste ano, acaba de proporcionar a primeira produção in vitro de embriões bovinos (PIV) na universidade.

O trabalho foi realizado pelos pesquisadores Rafael Augusto Satrapa e Vânia Maria França Ribeiro, professores do curso de Medicina Veterinária, com seus orientandos Jefferson Viana Alves Diniz (de pós-doutorado), Rosano Ramos de Freitas e Andrey Luiz Lopes Cordeiro (de doutorado) e Laine Oliveria da Silva (de mestrado).

A PIV é uma técnica reprodutiva que permite que o espermatozoide e o oócito interajam fora do trato reprodutivo da fêmea, possibilitando a maximização do potencial genético do rebanho a partir do cruzamento de animais de alto valor. A vantagem dessa técnica é produzir descendentes de animais que não estejam fisicamente no mesmo lugar ou obter embriões até de animais que morreram, mas deixaram material genético para reprodução.

“Estamos muito felizes por esse feito. Apesar da PIV ser utilizada no Brasil desde a década de 1990 e hoje ser uma biotécnica difundida no mundo todo, é uma vitória para o curso de Medicina Veterinária, uma grande contribuição para a universidade e o ensino, bem como para o Estado de forma geral, incluindo seu setor produtivo”, destacaram os pesquisadores.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*