170517-cotidiano-plussize-tvgazeta2

Plus size: beleza com tamanho e documento

Arianne Mello é Miss Acre Plus Size

A Miss Acre Plus Size 2017, Arianne Mello, embarca ainda esta semana para o Rio de Janeiro onde participa de um concurso de beleza nacional. A jovem de 23 anos, com quase 100 Kg, esbanja beleza e autoestima e a história dele é um exemplo de que a ditadura da magreza já está no passado.

Foi através das redes sociais que Arianne Mello foi descoberta. Primeiro foi o belo rosto que chamou a atenção de um dono de agência. Depois ele viu uma foto de corpo inteiro e, então, se surpreendeu. Após ser contratada pela agência, Arianne passou a ter mais trabalhos que outras modelos mais magras que ela.

A jovem de 23 anos pesa 98 quilos, muito bem distribuídos no 1,76 centímetros de altura. O sonho de infância se tornou realidade, mas ela não imaginava que ganharia o mundo da moda.

Afinal, há poucos anos que as modelos com mais peso passaram a ganhar espaço nas passarelas. A ditadura da magreza, até que enfim não existe mais, graças ao mundo plus size, que significa tamanho maior.

“A gente tá se dando uma chance, uma oportunidade de mostrar que a gente é capaz, é feliz com o corpo que a gente tem. Porque a mulher tem que observar o caráter. Você estando bem é o que importa”, opina.

No Acre, poucas mulheres se destacam como plus size e quem está nesse meio como Arianne, não reclama. São desfiles para eventos, lojas, enfim, a agenda é bastante cheia.

No dia 19, próxima sexta-feira, a Arianne participa de um concurso no Rio de Janeiro, onde será escolhida a mais bela gordinha do Brasil. A modelo acriana afirma que está confiante.

“A expectativa é boa. Estou me sentindo confiante. Quero destacar o nosso Estado nesse concurso na categoria plus Size para que o Acre se destaque, cresça em relação a isso. Tem muitas mulheres plus size que poderiam estar trabalhando como modelo, exercendo uma profissão”, disse.

Um detalhe para participar do concurso: a modelo teve até que engordar. “Me senti, em relação as outras candidatas, inferior, em relação ao peso. Então, criei mais peso pra me sentir mais segura ainda no concurso”, afirma.

Pensar em emagrecer, definitivamente não é o que tortura a mente da jovem plus size. Ela é muito bem resolvida com isso. Ser feliz é a principal meta.
“Independente do corpo, do seu rosto, da sua raça, você tem que se divertir, tem que se jogar. A vida é só uma e tem que aproveitar”, conclui.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*