240117-cotidiano-protestoterminalurbano-tvgazeta

População protesta contra aumento da passagem

Mobilização aconteceu no Terminal Urbano

Movimentos sindicais, trabalhadores e estudantes realizaram na manhã de hoje (24) um protesto no Terminal Urbano contra o aumento da passagem de ônibus em Rio Branco. O novo preço será votado nesta quarta-feira (25) pelo Conselho Tarifário.

De acordo com José Janes, vice-presidente da Central Única de Trabalhadores (CUT), eles haviam programado de fechar o Terminal Urbano em protesto contra o aumento da passagem, mas a ideia foi descartada tendo em vista que isso poderia prejudicar a população que necessita do transporte público.

Para chamar a atenção das autoridades, eles decidiram inovar. “Achamos melhor fazer o movimento aqui e chegamos ao consenso de que agora a catraca vai estar aberta, quem quiser entrar no Terminal Urbano vai entrar de graça hoje”.

O militante Carlos Gomes disse considerar aumento da passagem um retrocesso e que vão buscar nas vias judiciais uma forma de barrar esse reajuste. “Nós vamos judicializar hoje, entrar com um mandado de segurança para suspender essa votação.
Num momento de crise, o trabalhador está pagando a conta. Nós vamos até as últimas instâncias para tentar barrar mais esse retrocesso que está sendo transferido para o pai e mãe de família que ganham pouco”.

Os trabalhadores anunciaram que vão fazer pressão para tentar barrar o aumento do preço da passagem em reunião do Conselho Tarifário que define o problema. O encontro acontece nessa quarta-feira (25), às 3 horas da tarde, na sede da RBTrans.

Através da assessoria de Comunicação, a Prefeitura de Rio Branco informou que considera o protesto como algo legítimo e respeita o movimento. Disse ainda, que apesar do aumento da passagem estar sendo discutido no Conselho Tarifário, “a prefeitura está aberta ao dialogo”.

Tentamos entrar em contato com o responsável pela relatoria que trata do aumento da passagem no Conselho Tarifário, o empresário George Dobrè, mas o telefone dele encontra-se desligado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*