Povo Ashaninka realiza projeto para apoiar comercialização de sementes

Indígenas já coletaram mais de 550 Kg de sementes de diversos tipos

Um projeto do povo Ashaninka, da comunidade Apiútha, atua no fortalecimento da cadeia produtiva das sementes, na área reflorestada dentro da Terra Indígena Kampa do rio Amônia, em Marechal Thaumaturgo, interior do Acre.

Os indígenas coletaram mais de 550 KG de sementes de diversos tipos de palmeiras para reflorestar cerca de 57 hectares no Acre.

As sementes foram selecionadas através da escolha de 855 matrizes, sendo 29 espécies de árvores saudáveis com identificações individuais de cada matriz.

A iniciativa tem o como objetivo coletar e apoiar a comercialização de sementes florestais nativas não só no Acre, mas em vários outros estados brasileiros.

O projeto Sementes faz parte do programa desenvolvimento sustentável do Estado do Acre, realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

Foto: Cedida.

Deixe uma resposta