thumb jurilande

Presidente da Acisa descarta falta de produtos no Acre

Jurilande Aragão falou sobre o assunto em entrevista à TV Gazeta

A dificuldade de chegar ao Acre por terra preocupa o presidente da Associação Comercial e Industrial do Acre, Acisa. Na noite da última quinta-feira, 20, Jurilande Aragão falou sobre o assunto durante participação no ‘Gazeta Entrevista’.

Em conversa com autoridades e empresários de Rondônia, Jurilande confirmou que existe um certo impasse para as balsas aportarem em Porto Velho(RO) com combustível. A segunda alternativa é o transporte por Cruzeiro do Sul. Também por causa da cheia, o prédio de uma empresa que fornece gás foi invadido pela água.

Mesmo assim, ele descartou que estes produtos possam faltar no estado. “Pode faltar os mais perecíveis, tipo frutas e verduras”, enfatizou. Com o perigo de atravessar o trecho alagado, algumas transportadoras já pensam em aumentar o valor do frete para a região.

Aragão descartou qualquer possibilidade de racionamento ou interrupção de energia elétrica para o Acre. Ao fim da entrevista, ele mostrou-se indignado com a demora para a construção da ponte do Abunã. A balsa opera com capacidade reduzida e no improviso. Segundo o presidente da Acisa, este tipo de ligação atrapalha o desenvolvimento do estado.

Deixe uma resposta