Banner PortoMercNov

Produtores pedem melhorias no porto do Mercado Novo

Condições de segurança e estruturais são inexistentes

Produtores rurais e representantes da Central Única dos Trabalhadores  (CUT) esperaram em vão a presença do secretário municipal de Agricultura, Jorge Fadel,  na manhã desta sexta-feira, 30, no Mercado Novo.

O grupo quer pedir à prefeitura que faça a recuperação da área onde funciona o porto.

Este ano, um incêndio destruiu as lojas na área próxima ao Mercado Novo, mas não foi suficiente para desativar o porto usado pelos produtores rurais.

As condições de segurança, higiene e estruturais são inexistentes. Para descarregar as mercadorias que chegam nos barcos, o estivador tem que driblar o lixo, mato e os enormes buracos.

Mesmo assim, os produtores querem se manter no local. Segundo o dirigente da CUT, Ângelo Crisostómo, o local já virou referência, e fica mais fácil vender o produto e fazer as compras.

Para o produtor Raimundo Evangelista, melhorando as condições do local, o mercado voltará a ter o movimento de mercadorias. Depois do incêndio que destruiu as lojas dessa área, as vendas caíram.

O pequeno comerciante Valdir Aguiar mostrou para nossa equipe o que sobrou do ponto que tinha próximo ao rio. Há mais de 30 anos mantinha um pequeno negócio no mercado. Atualmente, sonha na revitalização do local, e, quem sabe, poder voltar a ter a renda de antes.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*