Programa Consultório na Rua atende moradores de rua em Rio Branco

Ação também está com foco na síndrome gripal que acomete o estado

Nesta quarta-feira, 12, no centro de Rio Branco, nas proximidades do mercado Elias Mansour, ocorreu as ações do programa Consultório na Rua, levando atendimentos de saúde para os moradores de rua.

Segundo Gleiciane Miranda, coordenadora do projeto Consultório na Rua, “existe desde 2012. [É] uma equipe da atenção básica de saúde com o objetivo de levar esses atendimentos e garantir esse direito para moradores de rua daqui da cidade de Rio Branco. Hoje nós estamos fazendo as buscas ativos comuns nos territórios, realizando os atendimentos de rotina, porém também estamos com o foco em relação à síndrome gripal, que está acometendo a nossa cidade, o nosso estado”.

“Então, nós estamos rastreando pessoas em situação de rua que estão apresentando os sintomas. Fazendo toda a avaliação de enfermagem e estamos fazendo a distribuição de medicamentos dessas pessoas para que possam estar tomando os cuidados necessários. Nós temos os testes rápidos swab para diagnosticar covid-19. Até o momento não e nem no ano passado. Nós estávamos trabalhando fortemente na pandemia”.

Munidos de máscara facial, álcool em gel, caixas com todos os itens que são necessários, os profissionais da saúde orientaram os moradores de rua nesse momento de pandemia da covid-19 e de epidemia de gripe. “A gente conversa, os orienta para os cuidados, de lavar as mãos, de usar a máscara”, afirma a coordenadora.

“Todas as unidades básicas de saúde, enfim, que tão fazendo todo esse acompanhamento em relação a síndrome gripal, a covid-19, está de portas abertas pra receber essas pessoas, né, no momento que nós não estivermos em determinados pontos da cidade, essas pessoas podem se dirigir aos locais e vão ser recebidas para está fazendo toda a testagem, todo acompanhamento que for necessário”, conclui Gleiciane Miranda.

Com informações de Aline Rocha

Deixe uma resposta