2908-cotidiano-musicanaestrada

Projeto “Música na Estrada” está em Rio Branco

Na versão deste ano, projeto atende 70 alunos

Pela terceira vez, passa em Rio Branco o projeto “Música na Estrada”. A ideia surgiu com o propósito de incentivar a cultura por meio de oficinas, palestras e apresentações de concerto com música clássica. O encerramento das atividades acontece neste sábado (30) com uma apresentação da Orquestra de Câmara do Amazonas.

O projeto “Música na estrada”, idealizado por produtores de uma agência cultural do Rio de Janeiro, está em sua 4ª edição, e pela terceira vez chega à Rio Branco. O programa itinerante de música clássica apresenta em cidades amazônicas oportunidades de aproximação com a música clássica através de palestras, oficinas e apresentação de concertos.

Para participar das oficinas, por exemplo, são aceitos músicos com mais de um ano de estudo e que leiam partitura. Em Rio Branco, participam ao todo 70 alunos, nas turmas de violino, viola, violoncelo, contra baixo, clarinete, flauta, trompete, trombone e regência.

Segundo a produtora Marcia Ximenez, o projeto busca cidades onde a música clássica é pouco difundida e que tenha teatro. Um dos objetivos é formar plateia e incentivar a formação de novos músicos.

“O objetivo macro é incentivar a cultura e, afunilando, temos a formação de plateia, dar acesso às pessoas e aprimorar a aprendizagem dos alunos”, acrescentou.

Pela segunda vez, o estudante Isaac Oliveira participa do “Musica na Estrada”. Segundo ele, aprendeu com a avó a gostar de música clássica. O jovem maneja bem o violino. Isaac estuda o instrumento há cinco anos e considera importante participar do projeto itinerante para aprimorar seus conhecimentos.

“Esse projeto Música na Estrada proporciona estar inteirado com professores que estudaram fora, que têm uma bagagem incrível. Eles podem nos ajudar em coisas que nunca imaginamos: tiram dúvidas”, comentou.

A oportunidade é mesmo única. Isaac é orientado pela professora Elena Koynova, integrante da Amazônia filarmônica e líder da Orquestra de câmara do Amazonas. A musicista Búlgara está no Brasil há 15 anos e pela primeira vez, embarca com o projeto “Musica na Estrada”, incentivando a cultura brasileira.

“O país está cheio de talentos e que estão ávidos por aprender. Nós estamos dispostos a ajudar esses talentos a florescer e se desenvolver e ocupar seu devido espaço”, relatou Koynova.

As atividades do projeto música na estrada se encerram neste sábado em Rio Branco. A partir das 20 horas no Teatro Plácido de Castro se apresenta a Orquestra de Câmara do Amazonas. O espetáculo de música clássica é gratuito.

Deixe uma resposta