thumb rioacrequarta

Rio Acre baixa pelo menos 13 centímetros nas últimas horas

No interior, rios continuam desabrigando família

O rio Acre apresentou, nas últimas 12 horas, uma considerável vazante de 13 centímetros em relação à medição do dia de ontem. No Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, o número de abrigados, até o final da tarde de ontem, chegava a 194 famílias.

Na primeira medição desta quarta-feira, às 6h, as réguas marcavam 14,57m, contra 14,70m às 18h de terça-feira.   

Interior

No interior do Estado, a cheia dos rios continua desabrigando famílias. A Defesa Civil Estadual segue fazendo o monitoramento das águas e presta o apoio logístico necessário para a remoção das pessoas das residências. Em Sena Madureira 24 famílias foram retiradas.

Segundo informações da Defesa Civil, as equipes estão sendo mobilizadas de acordo com as necessidades. Em Sena, por exemplo, 30 bombeiros e 15 voluntários da prefeitura local dão assistência à população. Das 24 famílias removidas das propriedades, 11 foram destinadas aos abrigos públicos e 13 estão na casa de parentes.

O Rio Iaco teve mais alterações nas últimas horas desta terça-feira, 4, e marca agora 16,26 metros. A situação ainda é preocupante no município haja vista que o rio permanece mais de um metro acima da cota de transbordamento.

Em Santa Rosa 47 famílias continuam nos abrigos da prefeitura montados no Polo Indígena, Casa do Índio e escolas. De acordo com o coordenador da Defesa Civil municipal, Jonas Lima, o Rio Purus baixou cerca de mais de um metro em 24 horas. “Nossa expectativa é que ele continue baixando”, comentou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*