050319-cotidiano-rio-madeira

Rio Madeira se aproxima da cota de transbordamento

Águas já dificultam acesso à balsa

O Rio Madeira na região do Abunã teve uma elevação de 9 cm e registrou na manhã desta terça-feira (5) 22,74 metros e está a 26 centímetros da cota de transbordamento que é de 23 m.

Segundo o major do Corpo de Bombeiros do Acre, Cláudio Falcão, no PB (Ponto Base), de ontem para hoje ocorreu uma elevação de 9 cm. “Nós estamos neste momento a 22,74 m, muito próximo da cota de transbordamento. Essa situação é preocupante porque cada vez mais as águas dos rios se aproximam da pista de rolagem”, diz o Major.

Ainda acordo com o major, a Defesa Civil fez vistoria no local no ultimo domingo (3) e o Corpo de Bombeiros continua verificando diariamente a situação para agir caso a BR-364 seja atingida como foi no ano de 2014.

O Major Falcão também se pronunciou sobre as usinas de Jirau e a possibilidade de isolamento do Acre do restante do país. “As usinas trabalham com uma margem de folga de 30 cm, nós ainda não alcançamos essa marca, ainda no nosso ponto base que é próximo de Ji-Paraná nós temos uma folga de 59 cm nesse momento. O nosso plano de contingência é prever a ação imediata a partir de 50 cm e nas outras localidades onde tem menos de 50 cm, mas não é o nosso ponto base, por isso nós estamos monitorando e agiremos”, explica o Major Cláudio.

Vale lembrar que desde o dia 15 de fevereiro o Governador do Acre, Gladson Cameli, decretou situação de atenção em todo o Rio Madeira. “Isso faz com que a Defesa Civil Estadual tenha poderes maiores para poder mobilizar todos os recursos para que a gente não venha sofrer isolamento do restante do país”, conclui o Major.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*