sobral

Rua principal da Sobral será interditada na segunda-feira

Investimento na obra será de R$ 800 mil e a duração prevista é de 20 dias para a conclusão dos trabalhos.

Sempre que chega a época chuvosa, os moradores da Estada da Sobral, mais precisamente na entrada do bairro Boa União, são obrigados a conviver com o alagamento de suas casas, causado por um córrego que passa pelo local e um bueiro que não tem vazão suficiente para escoar a água.

 

Para resolver definitivamente o problema, o Depasa começa na próxima segunda-feira, 15, a construção de uma galeria no local que terá 38 metros de comprimento e dará vazão ao esgoto. Para isso, a rua será interditada na entrada do bairro Boa União, em frente à Casa do Milho. Já foi montada uma ação para facilitar a vida dos motoristas que precisam passar pelo local junto com a Rbtrans e o social do Depasa, que já começou a visitar os moradores e comerciantes para informar sobre a obra e a interdição da rua.

 

Os motoristas que precisarem chegar ao Ceasa terão que entrar pela Avenida Fares Fegaly, e ao retornar, seguir o mesmo trajeto. Equipes estarão no local para facilitar o acesso.

 

Além de informar sobre a interdição, a equipe do social também está conversando com os moradores para que não seja jogado lixo dentro do córrego, pois com o acúmulo prejudica o escoamento do esgoto.

 

O investimento na obra será de R$ 800 mil e a duração prevista é de 20 dias para a conclusão dos trabalhos. A implantação de melhorias na macrodrenagem da Sobral só estará completa com a construção de outras duas galerias que irão beneficiar os bairros Ayrton Senna, João Paulo, Bahia Nova, São Sebastião, Santo Afonso e Plácido de Castro.

 

Para o coordenador do Ruas do Povo em Rio Branco, Marco Venício, essa é mais uma etapa do trabalho de ação coordenada de pavimentação e saneamento na capital.

 

“Estamos trabalhando para facilitar cada vez mais a vida dos moradores que sofriam no inverno e agora não terão mais esse problema. Nossa equipe vai dar todo apoio aos motoristas, comerciantes e moradores aqui da Sobral para que a construção dessa galeria seja feita dentro do prazo de 20 dias”, concluiu Marco Venício.

Deixe uma resposta