2211-cotidiano-comercio-taianelima

Saldo negativo de geração de empregos em novembro

1007 vagas a menos no Acre, calcula Caged

O Acre teve saldo negativo na geração de empregos no mês de novembro. É o que calcula o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O setor que mais sofreu foi o primário. A Construção Civil foi o mais atingido.

Atualmente, a Construção Civil não chega a empregar nem 2 mil pessoas. O setor gera empregos sazonais. Mas, mesmo considerando esse fator (sazonalidade), a quantidade de empregos formais está muito baixa.

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os homens foram os que mais sofreram com o desemprego. Neste caso, a referência é o mês de outubro. A diferença entre os desligamentos entre homens e mulheres é de aproximadamente 187 demissões para os homens.

Foram demitidos, no mês de outubro deste ano, 326 homens e 139 mulheres. A indústria de transformação (alimentos, madeireiras, gráficos etc.) foi a que mais demitiu. Os dados foram divulgados pelo Programa de Ensino Tutorial da Faculdade de Economia da Ufac. Mas, não há uma justificativa que explique a sustentação do emprego por mais tempo por parte das mulheres.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*